Próxima Viagem

Erros Que Você Não Pode Cometer Na Sua Próxima Viagem

Viajar é sempre algo bom. Independente do destino, seja no estado vizinho ou do outro lado do mundo, conhecer ou visitar novos lugares desperta uma sensação boa, que nos faz querer sempre repetir a dose.

Para que tudo saia exatamente conforme o programado, alguns cuidados são necessários. Conheça agora os principais erros que você não deve cometer na sua próxima viagem, para, assim, poder aproveitá-la com muito mais tranquilidade.

1- NÃO PLANEJAR COM ANTECEDÊNCIA

Sabemos que nem sempre é possível pesquisar e planejar uma viagem como se deveria. Muitas vezes trata-se de uma situação de emergência ou trabalho, sendo tudo resolvido no dia anterior ou no mesmo dia. No entanto, sempre que há tempo hábil para a pesquisa, isso faz toda a diferença.

Ao pesquisar passagens, hotéis, pacotes de viagens, acessórios para carros e tudo o que envolve uma boa experiência, você pode encontrar preços muito mais baixos do que encontraria comprando de última hora. Passagens aéreas são um grande exemplo disso, podendo ser encontradas por preços até 50% menores quando compradas com antecedência.

2 – NÃO PESQUISAR SOBRE O LOCAL

Pode ser que você tenha ouvido falar maravilhas sobre um lugar, mas, ao chegar lá, não era nada do que você esperava. Já passou por isso? Esta é uma situação muito comum. Pessoas têm vivências, gostos e anseios diferentes, por isso, um mesmo local pode oferecer experiências completamente diferentes para cada um.

A fim de evitar este problema, pesquise sobre o destino, as atrações, o tipo de público, a melhor época do ano para visitá-lo, enfim, saiba tudo o que poderá encontrar por lá. Isso evitará frustrações futuras.

3 – NÃO CONTRATAR UM SEGURO VIAGEM

Este é um erro menos comum nos dias de hoje, mas, ainda é grande o número de pessoas que prioriza outras coisas e acaba não colocando o seguro viagem como item primordial.

Segundo a Assistente de Viagem, muitas pessoas só se dão conta de que deveriam ter contratado um seguro de viagem quando precisa de usar. Uma simples visita ao médico no exterior pode sair extremamente cara, e nem sempre o viajante dispõe de recursos para cobrir tais despesas. O seguro viagem evita passar por isso, já que cobre atendimento médico e hospitalar, despesas farmacêuticas, além de indenização em caso de morte ou invalidez decorridos de doença ou acidente durante o período da viagem.

Além disso, o valor do investimento em um seguro deste tipo é mínimo frente a quantidade de benefícios e quando comparado ao valor total empenhado em viagens. É possível ainda parcelar o valor total da apólice e adequá-lo às suas necessidades. Pessoas que viajam com muita frequência, por exemplo, podem optar por contratar um seguro multi viagens, onde o acionamento é feito por evento, tornando-se muito mais viável e econômico.

4 – NÃO SE PREPARAR QUANTO A DOCUMENTAÇÃO

Uma das coisas principais que não se pode descuidar durante qualquer viagem são os documentos. Seja ela nacional ou internacional, é bom verificar toda a documentação necessária com antecedência, a tempo de providenciá-la. Nem todos os países exigem visto, mas, quando exigido, a burocracia pode ser um pouco maior caso todas as informações necessárias não sejam devidamente entregues.

Para quem vai viajar com crianças os cuidados devem ser ainda maiores. Quando os acompanhantes não forem os pais, é necessária uma carta de ambos os genitores ou responsáveis legais autorizando o menor a embarcar com aquela pessoa. Não se esqueça dos documentos obrigatórios, como RG, CPF, passaporte (se necessário), carteira de vacinação, entre outros.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *